sexta-feira, 12 de setembro de 2008

Desespero

É como se lhe arrancassem o chão dos pés, e como se você quisesse dar dois passos e mal conseguisse mexer os dedos. Ou então como correr muito, correr demais, e nunca conseguir alcançar aquele exato ponto. Talvez seja como você estar em um cubículo de 2x2 com 20 pessoas dentro. Ou sentir vontade de gritar e ver que sua voz não é o suficiente. É os pensamentos em transe, sua vontade de mudar aquela situação e não ver retorno, é medo. Ou simplesmente não conseguir dormir.

3 comentários:

  1. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  2. Fica tranquila pequena...não te desespera, to aqui do teu lado. deixa que eu afasto todos os medos e monstros que aparecerem.

    Te amo !

    ResponderExcluir
  3. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir

Comente :)